SIMPLÍCIO PODE SER PROCESSADO POR LITIGÂNCIA DE MÁ-FÉ APÓS IMPUGNAR EDINHO LOBÃO - Randyson Laércio

Post Top Ad

sábado, 12 de julho de 2014

SIMPLÍCIO PODE SER PROCESSADO POR LITIGÂNCIA DE MÁ-FÉ APÓS IMPUGNAR EDINHO LOBÃO

O deputado federal Simplício Araújo (SDD) pode ser processado por litigância de má-fé após haver protocolado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Maranhão impugnação do registro de candidatura do senador Edison Lobão Filho (PMDB), da coligação “Pra Frente, Maranhão”.

O parlamentar, aliado de Flávio Dino (PCdoB), candidato da coligação “Todos pelo Maranhão”, quer tirar o peemedebista da disputa porque uma empresa dele tem contrato ainda em vigência com o Governo do Estado.
Segundo a Lei Complementar nº 64/1990, para ter condições de elegibilidade, os candidatos precisam haver deixado, seis meses antes das eleições, cargos ou funções de administração de empresas que mantenham contrato com o Poder Público.
Ao blog, o próprio Edinho Lobão lembrou que, para ser suplente de senador ele já havia passado por esse crivo. “Não existe o menor fundamento nisso [impugnação protocolada por Simplício Araújo]. Para ser senador eu saí formalmente da gestão de todas as minhas empresas”, declarou.
Na verdade, Simplício tentou melhorar sua imagem com a impugnação. Flagrado pelo blog mandando emendas de sua autoria para um centro de saúde de São Paulo (reveja), o aliado do comunista tenrou fazer parecer, agora, que se importa com o tratamento de câncer no Maranhão.
Errou duas vezes: primeiro porque a impugnação não tem razão de ser; segundo, porque no caso denunciado, em nota a Secretaria de Estado da Saúde (SES) já informou que o prédio alugado está em fase final de adequações para que seja instalado o Centro Ambulatorial de Atenção à Saúde do Paciente Oncológico.
Blog do Gilberto Léda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad