EX PREFEITO MONTA GRUPO DE CANDIDATOS ENTRE FAMILIARES - Randyson Laércio

Post Top Ad

sábado, 12 de julho de 2014

EX PREFEITO MONTA GRUPO DE CANDIDATOS ENTRE FAMILIARES

O ex-prefeito de Bacabal, Raimundo Lisboa, ainda nem tinha saído da Prefeitura e já tinha resolvido ser candidato nesta eleição. Em discurso numa solenidade oficial em 2012, Lisboa declarou sua intenção de disputar uma vaga na Assembléia Legislativa (releia).

Chegadas as eleições, o plano mudou. Ele requereu o registro de candidatura a deputado federal. A companheira, um sobrinho e a ex-esposa de Lisboa também requereram registro de candidatura.

Lisboa é candidato pelo PRTB. Declarou possuir bens no valor de 2 milhões 273 mil reais. Estima que vá gastar até 3 milhões de reais na campanha eleitoral. A companheira de Lisboa é Jamile Suzart, 32 anos, com quem ele passou a conviver depois que separou da ex-deputada Graciete Lisboa. Na Justiça Eleitoral ela pediu o registro como candidata a deputada federal. Seus bens somam o valor de 462 mil 582 reais e ela estima que possa gastar até 4 milhões de reais na campanha.

Graciete Trabulsi Lisboa já foi deputada estadual. Requereu o registro como candidata a deputada estadual. Os bens que declarou à Justiça Eleitoral somam 120 mil 532 reais. Ela não especificou quanto estima gastar durante a campanha.Mesmo depois da separação, trabalham juntos e de comum acordo quando o assunto é eleição.

Há um outro familiar que também requereu registro. É o enfermeiro Amin Trabulse, 38 anos. Nos tempos áureos de Lisboa como prefeito de Bacabal, Amin jactava-se de ser o primeiro-sobrinho e de gozar da total confiança de Lisboa. por isso não há se imaginar que tenha saído candidato sem as bençãos do ex-prefeito. Amin declarou que pode gastar até 3 milhões de reais durante a campanha eleitoral.

Lisboa se equivocou no lema?

O lema da campanha de Lisboa “Mudança é preciso” é nitidamente voltado para uma eleição municipal. A ideia pode demonstrar o quanto o candidato ainda está apegado ao cargo de prefeito que ocupou por 8 anos. Não há nenhuma identificação com mudança o que faz os observadores criarem até lorotas com a frase.Um leitor mais atento argumenta em quatro pontos que não há equívoco no slogan. Diz o leitor: “1. Lisboa quer ser deputado federal; 2. Os deputados federais exercem suas funções em Brasilia; 3.Lisboa terá que mudar para lá se um dia for eleito; 4. Logo, mudança é preciso sim, a mudança dele “.

Numa coisa o candidato não se equivocou
Mesmo tendo deixado a prefeitura de Bacabal com um dos piores índices de popularidade da história, o ex-prefeito Lisboa ainda tem seus votos. E ninguém despreza nenhum voto numa disputa eleitoral. Por isso ele foi visitado por coordenadores dos candidatos a governador Edinho Lobão e Flávio Dino.

Lisboa pertence a um partido que apoia Edinho Lobão. Enquanto isso, lança a companheira por um partido que compõe a coligação “Todos pelo Maranhão” que apoia o candidato Flávio Dino. Os dois candidatos aceitam de bom grado a situação.

Blog do Louremar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad