RICARDO MURAD SE PRONUNCIA SOBRE PERSEGUIÇÃO DE FLÁVIO DINO E SEUS ALIADOS - Randyson Laércio

Post Top Ad

terça-feira, 4 de agosto de 2015

RICARDO MURAD SE PRONUNCIA SOBRE PERSEGUIÇÃO DE FLÁVIO DINO E SEUS ALIADOS

É fato notório que a Secretaria de Transparência e Controle, com suas forças tarefas, foi criada única e exclusivamente para imputar irregularidades a ex-secretários, ex-gestores, ex-funcionários públicos que são adversários políticos ou simplesmente vistos como inimigos, ou qualquer pessoa que simplesmente não segue a cartilha política do Governador e seus aliados. Ou seja, no Maranhão, a classe política, jornalistas e etc. e até quem não ouve e não vê sabe que o requerente é um dos alvos da devassa que esta Secretaria deve promover.
O requerente sabe também que essa devassa visa, sobretudo, alimentar recomendação especial que o Governador fez ao Secretário de Segurança, como também já é público e notório. Sabe o requente que nenhuma argumentação fática ou jurídica apresentada irá demover esta Secretaria do objetivo para o qual foi criada, objetivo este que V.Exas. já estão sobremaneira instruídos acerca dele.
Embora tenha a plena convicção de que não praticou nenhuma irregularidade ou ilegalidade em todo período em que foi Secretário de Saúde, assim como acredita também que não cometeram gestores e demais servidores da SES no mesmo período, o requerente se reserva ao direito de apresentar argumentos e provas contra as imputações que já foram concebidas por V. Exas. junto aos órgãos e poderes independentes e não vinculados ao Poder Executivo do Estado do Maranhão.
Com efeito, a Secretaria que V. Exas. representam, sobretudo, porque entregue ao acusador mor e inimigo do requerente e de seus familiares, o secretário Rodrigo Lago não tem isenção, legitimidade e imparcialidade para auditar a SES no período em que o requerente foi secretário. E nenhuma legitimidade tem essa Secretaria criada para os fins que todos sabem e para abrigar o atual secretário Rodrigo Lago, para auditar a Secretaria de Saúde acerca de fatos relativos a qualquer período, pois também é sabido de todos que o secretário Rodrigo Lago; o pai, Aderson Lago Filho, e o irmão, Aderson Lago Neto, se apropriaram criminosamente de recursos da Secretaria de Saúde que foram transferidos para o município de Caxias para a aquisição de medicamentos, por meio de convênios SES 559/2006, processo número 9163/2006 SES.
Aliás, registre-se que a ira do Secretário Rodrigo Lago contra o requerente e o interesse de promover devassa na SES apenas no período em que o requerente foi secretário tem forte ligação com este fato, pois foi o requerente, como deputado, líder da oposição e, por meio do PMDB, quem denunciou o esquema de utilização da empresa Ópera Prima e P.R Cardoso (empresa laranja) na lavagem de dinheiro em benefício, repita-se, do secretário Rodrigo Lago, o pai Aderson Lago Filho e o irmão Aderson Lago Neto.

Não, senhores auditores do Estado, auditor geral do Estado, supervisora de auditora e secretário de Estado de Transparência e Controle do Estado do Maranhão, o requerente não irá contribuir na empreitada clara e evidente do secretário Rodrigo Lago de promover a vingança desejada contra o requerente e, ao mesmo tempo, limpar o nome do próprio e dos parentes com a execração do requerente. Esta será uma empreitada em vão.
(Blog do Luís Pablo).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad