GUERREIRO JÚNIOR VIRA NOTÍCIA NACIONAL POR SEU APADRINHAMENTO A PRÉ CANDIDATA - Randyson Laércio

Post Top Ad

domingo, 15 de novembro de 2015

GUERREIRO JÚNIOR VIRA NOTÍCIA NACIONAL POR SEU APADRINHAMENTO A PRÉ CANDIDATA

A ostentação do desembargador Guerreiro Júnior, presidente do Tribunal Regional Eleitoral, somada à necessidade em se mostrar como liderança política, o levaram às páginas de uma revista de circulação nacional.

Com o titulo de de “Presidente do TRE do Maranhão é suspeito de fazer campanha” a revista Veja publica uma postagem com elementos de conduta já conhecidos da população de Bacabal.

É uma conduta incompatível àquela que se espera de um magistrado. Não há que se achar natural que o presidente do TRE torne pública sua simpatia por algum candidato a cargo eletivo, ou pré-candidato, como queiram. O enaltecimento de tal conduta em sites, blogs e canais de televisão, não convalida uma atitude que, se não afronta a Constituição Federal, a torna um pouco menos respeitada.

Na semana que encerrou, em mais uma investida no mundo político do interior maranhense, Guerreiro Júnior participou de um programa em uma emissora de Bacabal e saiu-se com essa: "Quero testar minha popularidade em Bacabal lançando Giselle", (reveja). O pior de toda a história é que o potencial eleitoral da pré-candidata não justifica tamanho empenho. 

VEJA - O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, o desembargador Antonio Pacheco Guerreiro Junior, a quem cabe a tarefa de julgar políticos nas eleições, tem feito campanha abertamente para uma pré-candidata. Tanto em eventos quanto em posts nas redes sociais, Guerreiro se tornou um dos maiores cabos eleitorais de Giselle Velloso (PR), pré-candidata à prefeitura de Bacabal, cidade com 100 000 habitantes a 240 quilômetros de São Luís.

Além de levantar questionamentos sobre sua imparcialidade, a atuação dele fere a Constituição, segundo promotores e juízes locais -- é vedado a qualquer juiz exercer atividade político-partidária, sob pena de perda do cargo.

No último mês, o desembargador conclamou no Facebook os eleitores bacabalenses a apoiar a pré-candidata, sua amiga íntima. "Com Giselle Velloso todos nós, que vivemos e amamos essa linda e maravilhosa cidade, teremos vez e voz", postou. "Giselle Velloso conta com a participação de todos e aguarda a colaboração específica de cada profissional... Precisamos urgentemente desses dados para montarmos um programa de governo que possa atender toda a nossa combalida e destroçada cidade". Ao final da mensagem, foi ainda mais enfático: "Participe dessa corrente e se integre à candidatura Giselle Velloso".

Fora das redes sociais, o desembargador participou, ao lado da pré-candidata, de alguns atos beneficentes típicos de políticos populistas.

No dia das mães, ambos organizaram uma comemoração no mercado central de Bacabal com doces, sucos, banda de música e entrega de rosas e presentes. Na Páscoa, Giselle percorreu debaixo de chuva bairros carentes da cidade para distribuir peixes doados pelo magistrado. Procurado, o desembargador não respondeu ao pedido de entrevista.

Blog do Louremar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad