POLÍCIA CIVIL PRENDE FILHO DO DEPUTADO ZÉ VIEIRA POR AMEAÇÁ-LO DE MORTE - Randyson Laércio

Post Top Ad

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

POLÍCIA CIVIL PRENDE FILHO DO DEPUTADO ZÉ VIEIRA POR AMEAÇÁ-LO DE MORTE

O empresário Jodeildo Vieira Lins, filho do deputado federal e ex-prefeito de Bacabal Zé Vieira , foi conduzido na manhã desta sexta-feira para a Delegacia Regional de Bacabal.

"Bolinha", como é mais conhecido, teria sido preso com uma arma de fogo pistola calibre 380 municiada e, segundo informações da Polícia Civil o mesmo teria feito uma ameaça de morte  ao pai, e teria tomado na manhã de hoje um caminhão que trafegava pelas ruas e que pertence a Zé Vieira, segundo os delegados esse veículo é peça de uma ação judicial que os mesmos travam na justiça. Zé Vieira também se apresentou para ser ouvido pelos delegados Carlos Alessandro e Luigi Conte.

De acordo com os delegados de polícia, Bolinha foi liberado agora a tarde após ter pago a fiança que foi estipulada. Em relação o crime de ameaça o pai Zé Vieira não levará adiante na justiça.

Na delegacia de Bacabal o deputado federal Zé Vieira conversou com a nossa reportagem disse o que aconteceu, em seguida o delegado regional Carlos Alessandro e delegado Luigi Conte do 2ª dp também falaram  à equipe do RONDA da Tv Difusora Bacabal. Veja:



Um comentário:

  1. Loira de Buriticupu14 de setembro de 2014 19:49

    Muito triste essas desavenças familiares chegarem a esse ponto, mas não tenho o direito de entrar nesse assunto por ser muito particular, mas é óbvio que foi esse desentendimento que gerou todo esse embaraço. Quero mesmo é parabenizar os delegados pelo trabalho, em especial o Delegado Regional Carlos Alessandro, sempre atento a tudo o que acontece, um profissional cauteloso e prudente. Considero de fundamental importância, que os delegados tenham esclarecido todas as circunstâncias ocorridas neste caso, para que as pessoas percebam a conduta íntegra destes profissionais, demostrando que todos tem o mesmo tratamento e que não há distinção de pessoas, seja pela classe social, pela relevância no meio político ou qualquer outra condição.

    ResponderExcluir

Post Top Ad