EM UMA SEMANA CINCO ARMAS DE FOGO FORAM APREENDIDAS POR POLICIAIS DO 15º BPM DE BACABAL - Randyson Laércio

Post Top Ad

terça-feira, 11 de julho de 2017

EM UMA SEMANA CINCO ARMAS DE FOGO FORAM APREENDIDAS POR POLICIAIS DO 15º BPM DE BACABAL

A cada hora, cinco pessoas são mortas por armas de fogo no Brasil. O Brasil ocupa a 10ª posição no ranking dos países que mais matam com armas de fogo, de acordo com o último levantamento do  Mapa da Violência 2016. A pesquisa é da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso) afirma que o país teve 44.861 mortes dessa modalidade em 2014, um pouco mais que os acidentes de trânsito (44.823) e quatro vezes mais que as mortes em decorrência da aids (12.534).

A taxa média nacional de mortalidade por arma de fogo – medida a cada 100 mil habitantes – vem crescendo ao longo dos anos. Em 1980, era de 7,3. Em 2003, ano anterior à entrada em vigor do Estatuto do Desarmamento, de 22,2. Em 2014, ficou em 22,4. A Região Nordeste é a mais violenta.

Diante dos índices alarmantes o comando do 15º Batalhão da cidade de Bacabal, que tem a frente o Tenente-coronel Eurico Alves, através das operações “Posseidon e Cerco Total”, já tirou dezenas de armas de fogo de circulação. Só nos últimos quinze dias, 05 (cinco) armas de fogo foram apreendidas na área do Batalhão que compreende 13 (treze) cidades com uma população estimada em 450.000 mil habitantes.

Amas de fogo apreendidas

As armas foram apreendidas nos municípios de Bacabal, Alto Alegre do Maranhão, Paulo Ramos, Vitorino Freire e São Luís Gonzaga do Maranhão, sendo 01 (uma) pistola, 03 (três) revólveres, calibre. 38 mm e 01 (uma) de fabricação caseira.

“Agradeço o empenho de todos os policiais do 15º BPM, que não medem esforços para trabalhar em prol da sociedade maranhense.  Estas armas de fogo apreendidas poderiam ter causado danos a muitas pessoas, inclusive tirando a vida de algumas, deixando famílias órfãs e com perdas irreparáveis. Nós continuaremos a nossa missão, não só tirando armas de fogo de circulação, mas, combatendo o crime em todas as suas esferas”, disse o Tenente-coronel Eurico Alves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad