JÚRI POPULAR CONDENA A 27 ANOS DE PRISÃO HOMEM QUE ASSASSINOU A PRÓPRIA MÃE EM BACABAL - Randyson Laércio

Post Top Ad

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

JÚRI POPULAR CONDENA A 27 ANOS DE PRISÃO HOMEM QUE ASSASSINOU A PRÓPRIA MÃE EM BACABAL

Preso atrás das grades desde que assassinou sua própria mãe em novembro de 2013, João Filho Sena de Sousa, de 34 anos, sentou no banco dos réus do Salão do Júri do Fórum da Comarca de Bacabal, nesta quarta-feira (25).
A sessão foi presidida pelo Juiz João Paulo Mello, titular da 4ª Vara, e após o Conselho de Sentença reconhecer a culpabilidade do acusado por homicídio qualificado o réu foi condenado a 12 anos de reclusão, com os agravantes, a pena teve um percentual de aumento e foi fixada em 27 anos, que deverão ser cumpridos em regime, inicialmente fechado, na Unidade de Ressocialização Prisional de Bacabal, no povoado Piratininga.

O Defensor Público Fabio Marçal Lima recorreu da sentença e um novo julgamento poderá ser marcado.

Entenda o caso
Na tarde de domingo do dia 24 de novembro de 2013, João Filho assassinou sua mãe com um golpe de punhal. De acordo com o depoimento de uma filha da vítima Maria Eunice Serra de Sousa, de 62 anos, a idosa foi morta durante uma discussão com o filho que exigia dinheiro da mesma para comprar drogas. Em meio à discussão ele pegou um punhal e atingiu a mãe pelas costas.
O crime aconteceu na localidade conhecida como Alto da Torre, bairro Trizidela, em Bacabal, na residência da vítima.(Informações Blog do Sérgio Matias).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad