NOVA GESTÃO DESCOBRE QUE O SAAE TEM DÍVIDAS NO VALOR DE 1.280.080,074 - Randyson Laércio

Post Top Ad

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

NOVA GESTÃO DESCOBRE QUE O SAAE TEM DÍVIDAS NO VALOR DE 1.280.080,074

O novo corpo diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Bacabal(SAAE), comandado pelo jovem empresário Leonardo Lacerda, tem encontrado muitas dificuldades para gerir a autarquia municipal. A situação recebida pelos novos diretores é caótica. 
 
Equipamentos como bombas e compressores queimados, veículos como utilitários e motos danificados, estação de captação envelhecida e com graves problemas estruturais, sistema adutor caduco ainda operando com canos de amianto, sistema de distribuição misto, composto por canos de amianto e PVC e estação de tratamento defasada e ultrapassada.

O mais grave, porém, é que os dados levantados mostraram que o SAAE de Bacabal deve R$ 1.280.080,74(um milhão duzentos e oitenta mil oitenta reais e setenta e quatro centavos), entre débitos com a CEMAR, o INSS, fornecedores e saldo devedor da folha de pagamento. Os dados, auditados por uma equipe comandada pelo diretor adjunto Anselmo Lopes, foram repassados por Leonardo Lacerda para o prefeito José Alberto Veloso. 
A estação de tratamento caducou
Veloso autorizou Lacerda a resolver todos os problemas em o menor espaço de tempo possível determinando que o diretor tomasse todas as medidas cabíveis e não poupasse nenhum tipo de esforço para resolvê-los.

Arregaçando as mangas

Leonardo Lacerda é o primeiro diretor da autarquia municipal que não foi escolhido entre os funcionários que fazem parte do quadro efetivo do órgão desde que o mesmo se implantou em Bacabal.  Vem tentando superar as dificuldades de adaptação a nova função e trabalhando no sentido de empregar uma nova metodologia e novos conceitos para a aplicação das atividades diárias do grupo que comanda.

Quando assumiu a função no dia 02 deste se deparou com uma situação estarrecedora. Encontrou 20 povoados com o abastecimento de água interrompido, 30 bombas queimadas, 10 compressores com defeito, a S-10 do órgão parada por problema mecânico, assim como as quatro motocicletas usadas pelas equipes de manutenção.
Atendimento Humanizado
 
Medidas

Nesse curto período em que está diretor Leonardo Lacerda já tomou medidas importantes e eficazes. Começou promovendo uma faxina completa na estação de tratamento, local onde fica a sede administrativa do órgão. Humanizou o atendimento no único posto de pagamento de contas, que também fica encravado na sede da autarquia, providenciando a instalação de um bebedouro coletivo.

Recuperou as quatro motocicletas e a S-10 e autorizou a licitação para o conserto das 30 bombas queimadas e dos10 compressores com defeito. Dos 20 povoados que se encontravam com o sistema de abastecimento interrompido Leonardo Lacerda já resolveu os problemas de Vila Nova, Pedra do Rumo, Alto dos Crentes e Alto Fogoso. Vila Nova e Alto Fogoso são dois grandes povoados da zona rural bacabalense e o caso de Alto Fogoso atendeu a uma demanda feita a Lacerda pelo deputado federal Alberto Filho.
Leonardo Lacerda visitou Vila Nova, Alto dos Crentes, Alto Fogoso e Pedra do Rumo
O novo diretor do SAAE também autorizou a compra de materiais e equipamentos permanentes para a otimização imediata dos problemas que vierem a acontecer, recuperou o poço que abastece o bairro Trisidela Velha e trabalha no sentido de resolver outro grave problema: o do Bosque Aracati. Na localidade está sendo perfurado um novo poço artesiano em sistema de parceria com a iniciativa privada. Entre as medidas adotadas está também a descentralização do pagamento, hoje confinado ao posto existente no próprio SAAE e a digitalização do sistema de leitura do consumo mensal.

Novo sistema

Como o objetivo de resolver o grave problema do abastecimento de água em Bacabal Leonardo Lacerda promove ainda demandas que caminham no sentido da contextualização da aquisição de um novo sistema de captação, um novo sistema adutor e um novo sistema de tratamento,em razão da defasagem e sucateamento dos já existentes. Todos os fatos e passos estão sendo levados ao prefeito José Alberto Veloso, que tem aprovado todas as medidas tomadas por Lacerda, inclusive a implantação de um novo sistema hidrométrico para os quase 25 mil consumidores do Serviço de Água e Esgoto de Bacabal. O novo sistema ainda será adquirido e não tem data determinada para ser implantado.

Da assessoria


2 comentários:

  1. Acredito que essa direcao jovem e competente resolva os problemas do abastecimento de agua de nossa cidade.

    ResponderExcluir
  2. mas o q é mesmo q o ex deixou funcionando aki em bacabal?

    ResponderExcluir

Post Top Ad