APRESENTADO ACUSADOS DE ASSALTOS A BANCOS - Randyson Laércio

Post Top Ad

sábado, 22 de dezembro de 2012

APRESENTADO ACUSADOS DE ASSALTOS A BANCOS

A Superintendência Estadual de Investigações Criminais, (SEIC), apresentou, na tarde desta sexta-feira, (21), três pessoas que fazem parte de uma quadrilha especializada em roubos e explosões de agencias bancárias.

Do total, segundo informações, eles já assaltaram as agências do Bradesco das cidades de Governador Newton Belo e Guimarães, além de terem tentado roubar o Banco do Brasil de Paulo Ramos.

Durante as investigações foram presos o tocantinense Valdemir Laurindo Flores, vulgo “Beni ou Baleado”, de 35 anos, que segundo informações, teria dado à Polícia o nome de Wanderson Carreiro de Silva. Na ação, também foi preso Alberon Laurindo Flores, de 31 anos, irmão de Valdemir, e o técnico em celular Perivaldo Frazão Braga, 28 anos, natural de Bacabal.

Segundo informações do delegado Luís Jorge Santos Matos, do Departamento de Roubo a Banco da Seic, após a prática criminosa dos bandidos que tentaram roubar a agência do Banco do Brasil de Paulo Ramos, os mesmos se evadiram com destino a cidade de Santa Inês no sentido de despistar as investigações da Polícia.

No decorrer das prisões, os agentes da Seic descobriram que na residência de Perivaldo Frazão eram confeccionadas bananas de dinamite e várias espécies de explosivos, inclusive os usados na tentativa de roubo do Banco do Brasil de Paulo Ramos. De acordo com a Polícia, na casa do suspeito eram guardados todo o material para produção dos explosivos.

Para o delegado Luís Jorge, que esteve investigando a quadrilha de assaltantes, os bandidos estão usufruindo da técnica dos explosivos, que demora apenas cerca de cinco minutos para explodir um caixa.
Eles foram ouvidos nas dependências da Seic, e autuados pelos crimes de tentativa de roubo e formação de quadrilha.

Tentativa de roubo
A agência do Banco do Brasil de Paulo Ramos, que fica na área central da sede do município, foi alvo da ação dos
criminosos na madrugada da última quinta-feira (20). Segundo informações, testemunhas informaram que os homens, em três motos, participaram da ação. Dois deles desceram da moto usando capacetes e dispararam em direção da agência. Na ação, o vigilante foi rendido e teve o colete roubado.

Durante a ação criminosa, o grupo não conseguiu levar dinheiro do banco. Segundo o delegado, a ação foi frustrada porque, das quatro bananas de dinamite utilizadas, apenas duas explodiram.
GI Gazeta da Ilha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad