MARANHÃO REGISTRA 18 AÇÕES CRIMINOSAS EM AGÊNCIAS BANCÁRIAS EM 2015 - Randyson Laércio

Post Top Ad

quinta-feira, 19 de março de 2015

MARANHÃO REGISTRA 18 AÇÕES CRIMINOSAS EM AGÊNCIAS BANCÁRIAS EM 2015

Em menos de três meses, já foram registrados 18 ações criminosas que incluem assaltos, arrombamentos e "saidinhas bancárias", em 2015, segundo dados do Sindicato dos Bancários do Maranhão. Do total, mais da metade foram realizadas em cidades do interior do estado.
O último assalto aconteceu na manhã dessa quarta-feira (18), em São Domingos do Maranhão, a 380 km de São Luís. Na ocasião, aproximadamente 10 homens armados invadiram a agência e renderam o gerente, funcionários e alguns clientes que estavam no local. Eles pegaram vários malotes de dinheiro e fugiram em dois veículos em seguida.
Segundo o sindicato, a prática criminosa mais utilizada contra os bancos até o momento foi o arrombamento. O crime, que consiste em explodir agências com grande número de caixas eletrônicos, já foi repetido 11 vezes nos municípios maranhenses. Destaque para os casos registrados em Fortaleza dos Nogueiras, que só no mês de março teve duas diferentes agências arrombadas no mesmo dia.
Conforme o levantamento, seis assaltos envolvendo testemunhas e subtração de grandes valores já foram praticados em todo o Maranhão. Foram alvos dos criminosos os bancos do Brasil, em Balsas, e o Bradesco, em Parnarama e Gonçalves Dias.
No que diz respeito à "saidinha bancária", que consiste no assalto do cliente que sacou altos valores nas proximidades do banco, apenas uma foi registrada até agora. O caso aconteceu na cidade de Imperatriz, a 626 km da capital maranhense, e os bandidos levaram da vítima R$ 60 mil.
Segundo o sindicato, o "sapatinho", que é quando o bandido rende a família de um funcionário de banco para que ele seja obrigado a participar do assalto, é uma modalidade que ainda não ganhou espaço entre os assaltantes que agem no Maranhão.(G1 MA).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad