GOVERNADOR FLÁVIO DINO PARTICIPA EM BACABAL DE CULTO EM AÇÃO DE GRAÇAS PELO 182 ANOS DA PM DO MARANHÃO - Blog Randyson Laércio

Post Top Ad

terça-feira, 26 de junho de 2018

GOVERNADOR FLÁVIO DINO PARTICIPA EM BACABAL DE CULTO EM AÇÃO DE GRAÇAS PELO 182 ANOS DA PM DO MARANHÃO



Aconteceu na noite de ontem (25), no templo Central da Assembleia de Deus de Bacabal, culto em ações de graça pelos 182 anos da polícia militar do Maranhão. O evento contou com  a presença do senhor governador do Maranhão, Dr. Flávio Dino.  O coronel PM Luís, Comandante do Policiamento de Área do Interior – 1 (CPAI-1), os comandantes dos Batalhões de Bacabal (15º BPM), Tenente-coronel Joanilson;  de Pedreiras (19º BPM), Major PM Ricardo e de São Mateus do Maranhão (23º BPM), Major PM Zadoc.  Ainda estiveram presentes ao culto os deputados federais André Fufuca, Eliziane Gama e Weverton Rocha; o deputado estadual Carlinhos Florêncio; o vice-prefeito de Bacabal Florêncio Neto, que no ato representou o prefeito José Vieira Lins; o ex-secretário de Indústria e Comercio do Maranhão, Simplício Araújo; Expedito Júnior, atual secretário de Indústria e Comércio; o secretário de Estado, pastor Porto,  dezenas de capelães, militares, toda a comitiva governamental, demais autoridades, membros religiosos e convidados. O evento foi uma iniciativa da Capelania da Polícia Militar e começou às 19 horas. Todo o evento foi coordenado e dirigido pelo Pastor Capelão Major PM Raposo.
 A Polícia Militar do Maranhão foi criada através da Lei Provincial nº 21 de 17/06/1836, com o nome de “Corpo de Polícia da Província do Maranhão”; constituída por um Estado-Maior e 04 (quatro) Companhias de Infantaria, totalizando 412 policiais, sendo o seu efetivo composto por um Major (Comandante), Alferes (Ajudante), Sargento (secretário) e Sargento (quartel-mestre).


 A instituição ao longo de seus 182 (cento e oitenta e dois) anos de existência recebeu várias denominações, tais como, “Corpo de Segurança Pública”, “Corpo de Infantaria”, “Corpo Militar do Estado”, “Batalhão Policial do Estado”, “Força Policial Militar do Estado”, “Brigada Auxiliar do Norte” e “Polícia Militar do Maranhão”, em 1951.
 A interiorização começou a partir de 1841, com a Lei nº 110, de 28 de agosto, que criou o “Corpo de Guardas Campestres”; seguida da Lei nº 872, de 05 de abril de 1920, que fixou o efetivo de 250 (duzentos e cinquenta) policiais para o sertão maranhense. Entretanto, a partir de 1966, com a Lei nº 2704, de 12 de outubro, além da criação da Companhia Escolar, foram criados ainda, 02 (dois) Batalhões de Polícia (BPM): o 1º BPM e o 2º BPM, responsáveis respectivamente pelo policiamento da capital e do interior do Estado.
O Coronel PM Luís, comandante do Policiamento de Área do Interior 1 (CPAI-1),  que compreende os Batalhões de Bacabal, Pedreiras  e São Mateus do Maranhão, agradeceu a presença do governador do Estado do Maranhão ao evento e elogiou os trabalhos que vêm sendo desenvolvido na área do CPAI-1, através dos seus comandantes. O Coronel Luís se emocionou quando chamou a frente o Subtenente PM Diogo, promovido por bravura, quando foi alvejado com um tiro em 2013 quando comandava o Destacamento Policial Militar da cidade de Paulo Ramos e acabou perdendo os movimentos das pernas. Destacou ainda a importância da família na vida de cada pessoa em especial dos militares e disse da sua grande alegria em hoje servir a Jesus Cristo e ora diuturnamente para que outros militares se convertam a Jesus, ao evangelho, sendo bastante aplaudido. Também parabenizou os novos promovidos  da área do CPAI-1.
O governado do Estado do Maranhão, Dr. Flávio Dino, agradeceu o convite formulado pelo pastor Capelão PM Francisco Raposo e falou da importância da capelania dentro das instituições militares e policiais.  Em sua fala enalteceu o comando do pastor PM Capelão Francisco Raposo como um grande líder espiritual, não só em Bacabal, mas, em todo o Estado do Maranhão. Falou também das ações do governo dentro da área da segurança pública com a significativa diminuição dos assaltos a instituições financeiras, sendo que a violência diminuiu em todos os aspectos dentro do Estado.  Que o seu governa prima pela justiça, o seu principal critério em todos os aspectos.
O governador Flávio Dino se emocionou ao falar do caso do Subtenente Diogo, disse que ficou muito feliz ao encontrar o militar no evento. Disse que atendendo a um pedido do então comandante do PM, Coronel Pereira, que lhe falou sobre o caso e pediu atenção especial sobre o assunto. Que na ocasião pediu, imediatamente,   o processo ao coronel Pereira  e pessoalmente analisou todo o fato e não teve duvidas ao assinar a promoção do mesmo por bravura. Que promover o Subtenente Diogo foi um ato de justiça.
O governador recebeu da turma de alunos do Curso de Formação de Soldados PM/2018 uma camisa em reconhecimento ao seu trabalho frente a segurança pública do Maranhão.
O culto foi encerrado com a pregação do presidente da Capelania do Estado do Maranhão, pastor Mizael que também orou por todos os presentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad