CGJ ENTREGA COLETES BALÍSTICOS PARA OFICIAIS DE JUSTIÇA - Blog Randyson Laércio

Post Top Ad

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

CGJ ENTREGA COLETES BALÍSTICOS PARA OFICIAIS DE JUSTIÇA

O corregedor geral da Justiça, desembargador Marcelo Carvalho, fez, nesta quinta-feira (15), a entrega de coletes balísticos para uso dos oficiais de justiça lotados na Central de Mandados da Comarca da Ilha. O ato, segundo o corregedor, reflete o reconhecimento da Corregedoria ao trabalho de risco realizado pela categoria. “Tenho grande respeito pelos oficiais de Justiça, e sei do grau de exposição a que se submetem no cumprimento de certas diligências”, observou.

As unidades entregues ficarão sob a responsabilidade da Central de Mandados, que avaliará os casos em que os equipamentos devem ser utilizados. Atualmente, cerca de 120 oficiais, lotados na Central de Mandados, cobrem todo o território da Ilha de São Luís, no cumprimento das ordens judiciais expedidas.

O corregedor prometeu buscar junto ao presidente do Tribunal de Justiça, desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos, e ao presidente da Comissão Permanente de Segurança Institucional do TJMA, desembargador Raimundo José Barros de Sousa, a aquisição de mais coletes balísticos para os oficiais de justiça, tendo em vista a demanda judicial que eles atendem.

Participaram da entrega dos equipamentos, o diretor do Fórum de São Luís, juiz Edilson Caridade; a juíza auxiliar da Corregedoria Francisca Galiza; o coordenador de Segurança do Fórum, Major Pinheiro; e o chefe da Central de Mandados, Daniel Mendes, além de oficiais de justiça e outros servidores. O diretor do Fórum elogiou a disponibilização dos coletes balísticos aos oficiais. “Tudo o que a Corregedoria puder fazer pelos oficiais de justiça será muito bem recebido, porque isso garantirá maior efetividade no cumprimento das diligências”.

Daniel Mendes agradeceu ao corregedor o gesto em defesa dos oficiais. “Esses coletes darão maior segurança para os colegas no desempenho do seu trabalho. O oficial de justiça, por representar a face da justiça na rua, precisa cercar-se de cuidados indispensáveis para o correto e seguro desempenho de suas atribuições”.
Segundo o coordenador de Segurança do Fórum, Major Pinheiro, o Tribunal já entregou cerca de 150 coletes balísticos, em São Luís e nas diversas comarcas do Maranhão, para magistrados em situação de ameaça, que trabalham em varas criminais e de execução penal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad