PM AGE PARA ABAFAR ACIDENTE ENVOLVENDO DEPUTADO ALIADO DE FLÁVIO DINO - Randyson Laércio

Post Top Ad

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

PM AGE PARA ABAFAR ACIDENTE ENVOLVENDO DEPUTADO ALIADO DE FLÁVIO DINO

Policiais militares agiram no fim de semana para abafar um grave acidente provocado pelo deputado estadual Fábio Macedo (PDT), membro da base aliada ao governador Flávio Dino (PCdoB) na Assembleia Legislativa.
Na noite de sábado, 19, o pedetista estava com o também deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) e o federal Weverton Rocha (PDT) em um restaurante localizado na Península da Ponta d’ Areia, em São Luís.
Pouco antes da meia noite, já aparentemente embriagado, ele deixou o local e um carro importado e, na Avenida dos Holandeses, altura da Ponta do Farol, perdeu controle da direção e atingiu outros quatro veículos.
O impacto foi tão forte que um dos atingidos ficou totalmente destruído – os proprietários relataram “perda total” após o ocorrido – e o carro dirigido por Macedo caiu numa rua paralela à avenida.
Diante da aglomeração de curiosos e dos próprios proprietários dos carros danificados, o deputado chegou a tentar fugir do local, mas foi contido até a chegada da PM, que teve atuação contestada.
Sem bafômetro – Mesmo após os relatos de que Fábio Macedo havia acabado de sair de um restaurante – onde esteve desde cedo – e, ainda, diante do aparente estado de embriaguez do parlamentar, nenhum teste de bafômetro foi realizado no local da ocorrência para averiguar o estado dele.
Além disso, relataram testemunhas ouvidas por O Estado, a viatura da PM que atendeu o chamado não levou Macedo para uma delegacia, o que seria praxe, mas para sua própria casa.
A atuação dos militares levantou suspeitas de que eles tenham sido orientados a abafar o caso, por se tratar de um aliado do governador.
Minutos após o acidente estiveram no local os deputados Rogério Cafeteira (PSB) e Weverton Rocha, o que reforçou a tese de influência para que o caso fosse resolvido de forma extraoficial.
O Estado entrou em contato com o Governo do Estado questionando a conduta da Polícia Militar no caso, mas não houve retorno até o momento. O deputado Fábio Macedo também não respondeu as tentativas de contato da reportagem.

Deputado tem relações com o comando do Detran
Além de beneficiado pela ação da PM para abafar o caso, o deputado estadual Fábio Macedo (PDT) tem ligações estreitas, por meio da sua família, com o Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), responsável por controlar, fiscalizar e executar políticas de trânsito no Maranhão. A cobrança de multas – pelo fato de se dirigir embriagado, por exemplo – é atribuição do órgão estadual.
As relações remontam ao início da gestão Flávio Dino (PCdoB). No primeiro ano de governo, o Detran-MA contratou, sem licitação, a BR Construções, para o fornecimento de mão de obra terceirizada. A empresa – que recebeu R$ 2,9 milhões, antes de vencer uma licitação no departamento - foi fundada por Leila Assunção, que depois veio a ser nomeada assessora no gabinete Fábio Macedo.
E mais: o atual diretor administrativo do Detran-MA é o advogado José Rorício Aguiar de Vasconcelos Jr., que foi procurador do Município de Dom Pedro durante a gestão do irmão parlamentar, o ex-prefeito Hernando Macedo (PCdoB).

O Estado do Maranhão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad