PRIMEIRO FIM DE SEMANA DO TRECHO LIBERADO DA BR 135 É DE MOVIMENTAÇÃO TRANQUILA - Randyson Laércio

Post Top Ad

segunda-feira, 10 de julho de 2017

PRIMEIRO FIM DE SEMANA DO TRECHO LIBERADO DA BR 135 É DE MOVIMENTAÇÃO TRANQUILA



Trecho duplicado no Campo de Perizes teve trânsito tranquilo
Trecho duplicado no Campo de Perizes teve trânsito tranquilo (Foto: Biné Morais / O ESTADO)
O primeiro fim de semana foi tranquilo no trecho liberado da BR-135, no Campo de Perizes, que integra uma das partes da duplicação da rodovia federal. De acordo com a superintendência regional da Polícia Rodoviária Federal no Maranhão, durante todo o domingo o fluxo de veículos na nova pista foi tranquilo, sem o registro de ocorrências.
O trecho liberado para o fluxo de veículos compreende pouco mais de 7,5 quilômetros do Campo de Perizes, até o povoado Periz de Baixo, em Bacabeira. Enquanto isso, na pista antiga, O Estado flagrou ontem diversos condutores realizando ultrapassagens indevidas, aumentado a possibilidade de acidentes.
A via nova possui duas pistas e pavimentação integral, além de acostamento. Em alguns trechos é permitido apenas desenvolver velocidade máxima de 60 km/h. Na maior parte do trecho não há orientação quanto à velocidade permitida. Ao lado da via duplicada foram fixados os trilhos da Companhia Ferroviária do Nordeste (CFN) que, antes, estavam a poucos metros da rodovia antiga.
Duplicação 
No total, serão investidos R$ 492 milhões para a entrega dos 27,2 quilômetros de via duplicada da BR-135 entre Estiva e Bacabeira, segundo o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

O valor é R$ 130 milhões acima do orçamento inicial estipulado pelo Ministério dos Transportes para as obras. De acordo com o órgão, para a continuidade das obras foram necessários aditivos para incorporação de investimentos suplementares que pudessem arcar com intervenções extras como, por exemplo, a colocação de colunas de brita que sustentarão a pista duplicada.
Enquanto os 7,5 quilômetros da primeira parte da duplicação da BR-135 foram entregues, as obras dos outros 19,7 quilômetros estão paradas. De acordo com o Dnit, a lentidão se deve a intensificação do período chuvoso. Segundo o órgão, assim que o volume pluviométrico diminuir os serviços serão intensificados.
O Estado do Maranhão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad