PRESOS ACUSADOS DE PARTICIPAÇÃO NO ASSALTO A SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - Randyson Laércio

Post Top Ad

sexta-feira, 2 de junho de 2017

PRESOS ACUSADOS DE PARTICIPAÇÃO NO ASSALTO A SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL


Na tarde de ontem (1), uma equipe da Polícia Militar do 15º BPM, conduziu a delegacia de polícia civil, quatro pessoas acusadas de envolvimento no roubo de cartões do Bolsa Escola, ocorrido na tarde de ontem da secretaria de Ação Social do município. Foram apresentados: Jeferson da Silva Andrade, conhecido por “Artur” (detido na Rua Paraíba, Vila Pedro Brito); Iago Lisboa Novas, com várias passagens pela polícia (detido na Rua do Sol, Bairro Setúbal); Elivaldo Pereira Neto (em sua casa, no Bosque Aracaty) e João Hilton Ribeiro da Silva Júnio,r  conhecido por “Nego Júnior” (em via pública, precisamente na Rua 15 de Novembro, centro de Bacabal).

Jeférson (Artur) e Iago são os principais acusados da ação, ou seja, do cometimento do assalto, quando armados com revólver, invadiram a secretaria, renderam o vigia e as duas assistentes sociais que estavam no local e fugiram em uma moto, levando quase 1.000 (mil) cartões de benefícios.
Desde o momento do assalto, o Serviço de Inteligência concentrou esforços com o objetivo de identificar, localizar e prender os acusados.
Segundo informações, a dupla de assaltantes teria sido contratada por Nego Júnior, que também forneceu a moto, tipo, Pop, com dois capacetes e um revólver para o cometimento do delito pelo qual receberiam a importância de R$ 2.000,00 (dois mil reais). Que após o assalto, os cartões foram deixados na residência de Elivaldo, onde Nego Júnior já esperava pelo resultado da ação criminosa.

Ao ser capturada, a dupla confessou a autoria do assalto. Com a confissão os policiais também detiveram Elivaldo e Nego Júnior. Na residência de Jeferson a PM encontrou material utilizado para a manipulação de drogas.
 Jeferson (Artur) também confessou a autoria de um assalto em companhia de Iago, a uma residência quando se passarem por funcionários de uma empresa que presta serviço para a Cemar.
Elivaldo e Nego Júnior negam todas as acusações. Os cartões até o fechamento desta matéria não tinham sido localizados.
Participaram da ação o Tenente PM Pinho, Cabos PM Rogério, Silas e Augusto, além dos Soldados PM Oliveira, J. Fernandes, Ferreira, Wendel, Carleno e Sanzio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad