CAMPANHA "NOVEMBRO AZUL" É INICIADA PARA MILITARES DO CORPO DE BOMBEIROS DO MARANHÃO - Randyson Laércio

Post Top Ad

sábado, 7 de novembro de 2015

CAMPANHA "NOVEMBRO AZUL" É INICIADA PARA MILITARES DO CORPO DE BOMBEIROS DO MARANHÃO


Militares de todas as unidades do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) participaram, na manhã desta quinta-feira (5), no Comando Geral (Bacanga), das atividades de lançamento da Campanha ‘Novembro Azul’. Voltada para conscientizar o público masculino da Corporação sobre prevenção e perigos do câncer de próstata e alertar para os cuidados com a saúde, a ação marcou, também, o início dos trabalhos do projeto ‘Barriga Zero’. Durante todo o mês, profissionais do quadro de saúde farão atendimentos com orientações em batalhões e companhias, também, no interior do estado.

O comandante geral, coronel Célio Roberto Araújo, saudou todos os presentes, ressaltando a preocupação do Comando da Corporação em chamar atenção quanto a importância de cuidar da saúde periodicamente. “O Governo do Estado e o Corpo de Bombeiros estão dando uma maior atenção quando à vida de homens e mulheres que integram a Instituição. A exemplo do Outubro Rosa, esse evento tem como intuito cuidar e dar assistência aos nossos militares, oferecendo serviços de atenção básica e preventiva aos nossos homens”, disse.

O evento foi coordenado pela Diretoria de Saúde, que realizou palestras, orientações sobre a importância da prevenção e do diagnóstico do câncer de próstata, dinâmicas em grupo, principalmente para estimular o corpo, antes do início das atividades nos setores. A tropa passou por avaliações de glicemia, peso, altura, pressão e circunferência abdominal. Foi servido um café da manhã para os participantes.

O comandante geral adjunto, coronel Joabe Pereira, falou do diferencial em promover eventos que busquem a valorização do servidor. “Essa é uma atividade voltada para todos nós, servidores públicos, que temos uma rotina diária de trabalho bastante movimentada, e que estamos propícios a adquirir doenças que são muita das vezes, silenciosas, como o câncer, a diabetes, hipertensão, entre outras. Demonstra nossa precaução quanto à qualidade de vida homens e mulheres e se evidencia, ainda, como um momento de interação entre colegas de trabalho dentro de um ambiente familiar”, ressaltou.

Logo após ouvir as palavras do Comando, os servidores se submeteram a uma aula de Krav Maga, com professor em Educação Física, Josias Rodrigues, mestre de artes marciais e Defesa Pessoal há 25 anos. Na programação, o médico urologista Marcus Aurélio Brito falou aos presentes das estatísticas de câncer de próstata, os indicativos, a conscientização do efetivo masculino quanto à importância da prevenção e do diagnóstico precoce da doença.

O médico, que é especialista em cirurgia geral e oncológica, orientou os bombeiros a cuidarem melhor da saúde, informando que 20% dos homens que fazem o Antígeno Prostático Específico (PSA) já podem ter a doença instalada. Daí a importância do exame de toque, teste rápido que dura menos de um minuto, estimulando-os a se consultarem rotineiramente, mesmo que não tenha sintomas de dor. O palestrante apresentou, também, os fatores que podem aumentar os riscos de câncer de próstata e a importância de mudar o estilo de vida, com uma alimentação saudável, a prática de atividades físicas e o uso de preservativos durante a relação sexual.

Para o sargento Márcio Guilhon, é um momento inovador nestes 21 anos como bombeiro militar. “Foi uma oportunidade de integração e de estímulo para que todos nós tenhamos consciência de que a prevenção é o melhor caminho. A partir de agora, vou buscar mais informações e mudar alguns hábitos de vida. Estamos todos de parabéns pela iniciativa”, afirmou.

Sobre o Novembro Azul

O Novembro Azul faz parte do calendário de atenção à saúde do servidor para alertar os bombeiros sobre o câncer de próstata. Ao longo de todo o mês, diversas ações serão realizadas, estimulando a procura pelos serviços de saúde e a realização periódica dos exames preventivos.

O departamento chama atenção aos homens com idade acima de 50 anos a seguirem a orientação para fazer os exames de rotina. Caso haja histórico da doença na família, a idade ideal para procurar um médico é a partir dos 30 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad