PREFEITO DE BACABAL COMANDA PESSOALMENTE A OPERAÇÃO "ABAFA O CASO" - Randyson Laércio

Post Top Ad

quinta-feira, 21 de maio de 2015

PREFEITO DE BACABAL COMANDA PESSOALMENTE A OPERAÇÃO "ABAFA O CASO"

A prisão do ex-prefeito de Bacabal, Raimundo Lisboa, nas primeiras horas de terça-feira (19), preencheu o espaço em todos os blogs, site e portais de notícias do Maranhão.

O fato interessou à mídia em razão de ter sido Lisboa um dos prefeitos mais poderosos e privilegiados pelo Governo do Estado. Aliado por bom tempo do senador João Alberto e do Grupo Sarney, chegou a ser presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão. Durante o governo Jackson Lago foi um dos prefeitos mais prestigiados com o repasse de verbas.

Mas à medida que passavam as horas da manhã de terça-feira, uma operação começou a ser montada no gabinete do prefeito Zé Alberto Veloso. Por volta das 10 horas, partiu dele a ordem para que alguns advogados acompanhassem o caso de perto e providenciassem a imediata soltura do seu ex-desafeto político.

Sua filha, Monique Veloso, que faz as vezes de Procuradora do Município se encarregou de acalmar a senhora Jamile Suzarte, companheira de Raimundo Lisboa. Monique mandou uma emissária à mansão do ex-prefeito com a notícia de que “eles não estavam sós”.

Além da assistência jurídica, o prefeito providenciaria também para que alguns setores da imprensa não divulgassem a prisão de Lisboa ou se quisessem divulgar que fosse da forma mais sucinta possível, foi o que chamaram de “operação abafa o caso”.

Todo o plano foi executado nos mínimos detalhes. Uma emissora montada por assessores do Prefeito Zé Alberto saiu providencialmente do ar. É na emissora que o deputado federal Alberto Filho montou seu escritório e despacha todas as vezes que chega em Bacabal. Outras emissoras que tem contrato com a Prefeitura, blogs alinhados e apresentadores de rádio foram também instados a calarem sobre o assunto.

Quais os reais interesses de Zé Alberto ?
No domingo (17), dois dias antes da operação El Berite, dois emissários de Zé Alberto já haviam ido até a mansão de Lisboa negociar os termos de uma aliança política. Desgastado, o Prefeito entende que apelando para a influência de Lisboa na zona rural, conseguirá reverter o quadro na disputa eleitoral pela reeleição.

Todo o plano “abafa a notícia” serviu como um sinal de boa vontade dentro do processo de construção de uma aliança política entre José Alberto e Raimundo Lisboa.

O problema de tão engenhosa articulação é que a mídia noticiosa não se resume aos funcionários e pessoas que devem favor ao prefeito de Bacabal. Assim , dezenas de blogs em todo o Estado e fora do Maranhão, emissoras de TV com alcance muito maior do que as emissores locais, noticiaram o fato.

Mas será se era esse é o único interesse na montagem do plano para não divulgar as informações? Haveria algum temor por trás de toda a história? Os próximos capítulos dessa história provinciana que chamou a atenção de todo o Estado ainda estão por ser contados. 

Blog do Louremar Fernandes

Um comentário:

Post Top Ad