MAIS UM PROGRAMA COORDENADO PELA PREFEITURA DE BACABAL SERVE COMO MODELO PARA OUTROS MUNICÍPIOS. - Randyson Laércio

Post Top Ad

sexta-feira, 15 de maio de 2015

MAIS UM PROGRAMA COORDENADO PELA PREFEITURA DE BACABAL SERVE COMO MODELO PARA OUTROS MUNICÍPIOS.

Recentemente gestores de outros municípios enviaram representantes para conhecer o “Restaurante do Povo” um Programa de Combate a Fome implantado pela Prefeitura de Bacabal que beneficia cerca de três mil pessoas com refeições de alto teor nutritivo ao preço simbólico de R$ 3,00. Um desses municípios é Viana que deve inaugurar no próximo final de semana o primeiro Restaurante do Povo nos moldes do de Bacabal.
Agora foi a vez de o TELESSAUDE REDES servir de modelo para outras gestões. Na manhã desta quinta-feira (14) uma comitiva representando dois municípios brasileiros chegou a Bacabal para conhecer o serviço  implantado através do Sistema Único de Saúde que visa melhorar a qualidade do atendimento utilizando ferramentas de tecnologia da informação.
Pelo TELESSAÚDE é possível um profissional da saúde diagnosticar uma enfermidade em um paciente recorrendo a outro profissional mais gabaritado através da rede de computadores em tempo real. Essa agilidade desenvolvida pelo programa em Bacabal despertou a atenção da Secretaria de Saúde do Município de Mata Roma (MA) e Cristalina (GO) que pretendem copiar o modelo adotado pela Secretaria de saúde deste município.
Após serem recepcionados pelo prefeito Zé Alberto Veloso, a equipe foi conduzida até a Sala de Conferência onde acompanharam em tempo real o processo de atendimento a distância pela rede de computadores e colheram todas as informações repassadas pelo Coordenador do TELESSAUDE no Maranhão o professor Humberto da UFMA.
“O que vimos aqui é uma serviço de excelência que demonstra a preocupação do governo local com uma saúde de qualidade e o que é bom precisa ser copiado” disse Humberto Serra representante do governo de Mata Roma.
Segundo Jerciane Reis Coordenadora do TELESSAUDE de Bacabal, dos cinco núcleos destinados ao interior do estado do Maranhão, apenas o de Bacabal está em funcionamento.
“Para nós é mais do que gratificante ver o nosso trabalho sendo reconhecido nacionalmente, servindo de espelho, de modelo para outras gestões e isso só aumenta a nossa responsabilidade e mostra que o governo municipal está no caminho certo”  pontuou Jerciane visivelmente emocionada com os resultados.

Um comentário:

  1. Já aumentou o preço da refeição que vocês que não comem chamam de nutritiva e de boa qualidade? Em São Luís continua 1,00 real desde quando foi inaugurado e mesmo assim ainda tem lucro. O que o povo não sabe é que o governo federal paga por prato para a prefeitura a quantia de 8,00 reais. Se o preço já é 3,00 reais a prefeitura ainda ganha 5,00 reais por prato. Em São Luís a comida é servida em bandeja o com direito a salada, frutas e suco. Aqui os governantes só pensam em tirar vantagens pessoal em tudo.

    ResponderExcluir

Post Top Ad