EM UM ANO DE TRABALHO DELEGADO REGIONAL FALA SOBRE AÇÕES DESENVOLVIDAS EM BACABAL - Randyson Laércio

Post Top Ad

domingo, 15 de junho de 2014

EM UM ANO DE TRABALHO DELEGADO REGIONAL FALA SOBRE AÇÕES DESENVOLVIDAS EM BACABAL

DELEGADO REGIONAL DE BACABAL CARLOS ALESSANDRO
Centenas de prisões, mandados de prisão cumpridos, ordens judiciais por sentença condenatória, quadrilhas de assaltantes desarticuladas, combate ao tráfico de entorpecentes e associação ao tráfico, elucidações de crimes de homicídios e latrocínio, operações conjuntas em combate ao crime organizado, investigações e levantamentos, vários inquéritos remetidos a Justiça e alguns projetos sociais, foram algumas das diversas ações desenvolvidas pelo excelente trabalho do delegado Carlos Alessandro Rodrigues Assis, titular da 16ª Delegacia Regional de Bacabal, que durante toda sua trajetória como servidor dessa instituição procurou se empenhar na valorização do policial e no serviço com excelência atendendo a população do município.
“Em 2009, quando ingressei nos quadros da Polícia Civil como delegado, já pensava em desenvolver um trabalho com excelência. Um serviço policial requer determinação e empenho, e principalmente amor a profissão. Já sabia que lhe dar com crimes e prisões seriam tarefas extremamente complexas, mas sempre estive preparado e desde quando entrei saberia da responsabilidade que é a Polícia Judiciária. Sem querer me vangloriar, mas mostrei capacidade quando assumi a Delegacia de Buriticupu e junto com a minha equipe desenvolvemos um ótimo trabalho”. Contou Carlos Alessandro.
Segundo ele, os trabalhos que foram articulados no município de Buriticupu surtiram efeitos e houve uma diminuição no índice de criminalidade na região. Ainda segundo Alessandro, a mesma política de combate ao crime organizado empregada naquele município, serviria como base para melhorar o policiamento e as investigações na cidade de Bacabal.
“Um município com mais de 100 habitantes exigiria um trabalho de mapeamento com mais cautela e estratégia, uma vez que se tratava de uma regional que abrange vários municípios”. Disse.
A Regional de Bacabal que funciona como sede abrange os municípios de Altamira do Maranhão, Alto Alegre do Maranhão, Bom Lugar, Brejo de Areia, Conceição do Lago Açu, Lago Verde, Marajá do Sena, Olho D`água das Cunhãs, Paulo Ramos, São Luís Gonzaga, São Mateus e Vitorino Freire. Todas as ocorrências registradas nesses distritos são repassadas a Delegacia Regional para procedimentos de praxe.
Em conversa com Assessoria de Comunicação da SSP, Carlos Alessandro pontuou a atuação do 15º BPM coordenado pelo Tenente Coronel Egídio Soares Augusto Amaral que tem produzido e articulado operações conjuntas com a Polícia Civil. “Algumas detenções são articuladas pela união das forças de segurança que existe na cidade. As polícias Civil e Militar tem que andar sempre unidas para enfraquecer a criminalidade”. Disse o titular.
Operações
Na oportunidade ele também destacou algumas operações de grande relevância, como prisões de assaltantes e homicidas, apreensões de drogas, desarticulação de quadrilhas de alta periculosidade, dentro e fora do estado. Entre elas estão, a operação na cidade de Mossoró no Rio Grande do Norte que resultou na prisão do bando que assaltou a Agência do Correios de Vitorino Freire e assassinou o policial militar Oswaldo. Em outra ação coordenada pelo delegado Alessandro, foi cumprido um mandado de prisão contra o foragido Antônio Costa Teixeira, o “Teixeirinha”, preso na cidade de Parauapebas, no Pará, suspeito de ter praticado um homicídio.
Outra prisão importante foi a de Sivaldo Andrade Silva, ele segundo a Polícia, teria atirado e assassinado o Sargento Diogo na cidade de Paulo Ramos. Ele foi detido em fronteiras no Piauí durante uma operação também coordenada pelo delegado José Nilton, que naquela época estava na SPCI, e o delegado Fernando Rezende. Em destaque também teve a operação que prendeu Marcelino da silva Campos, vulgo Marcelino da Norsegel, suspeito de ter atropelado e matado um idoso. Apreensões de pés maconha dentre outras prisões.
Carlos Assis pontuou a atuação de todos os delegados que compõe a Regional e dos demais municípios. Segundo ele, todos fizeram um ótimo trabalho ao longo desse tempo.
Projetos Sociais
O programa Delegacia Geral na Comunidade que também esteve na cidade de Bacabal, já atendeu milhares de  pessoas, entre crianças adolescentes e jovens, em vários municípios. O foco principal desse projeto é atender e alertar essas pessoas quanto aos malefícios da violência e do uso de drogas. Só no município de Bacabal, cerca de 500 jovens de várias escolas participaram do programa Delegacia Geral na Comunidade. Em virtude desta ação uma grande quantidade de alunos foi orientada sobre diversos assuntos, sendo o principal deles o tráfico de entorpecentes, que hoje, segundo a Polícia, é um dos piores vilões para o aumento da criminalidade em qualquer estado.
Para Carlos Alessandro, que foi um dos palestrantes do programa ressaltou que as drogas é um dos maiores malefícios da população mundial, principalmente o crack que está matando muitos jovens e adolescentes. Ainda de acordo com o delegado, palestras como essa tem a capacidade de  divulgar esses programas e chegar no conhecimento da sociedade em geral.
No decorrer do programa, os alunos receberam palestras sobre o uso de drogas, bullying, abuso sexual, violência contra Mulher, Criança e Adolescente e contra o Idoso; combate a Homofobia entre outros assuntos envolvendo Segurança Pública.
Avanços
No próximo mês de julho o programa Delegacia Geral na Comunidade vai chegar também nos municípios de Vitorino Freire e São Luís Gonzaga do Maranhão. O projeto é de cunho preventivo e visa atingir pessoas de várias faixas etárias. A finalidade é que mais de 500 crianças sejam atendidas com o programa.
Perfil do delegado
Carlos Alessandro Rodrigues Assis tem 37 anos de idade e iniciou sua carreira policial como Tenente da Polícia Militar, onde passou dez anos atuando no patrulhamento ostensivo. Em 2007, ele participou do Curso de Formação da Polícia Federal onde passou pouco mais de 4 meses se qualificando e treinando para o serviço policial. Passou também pela Academia Nacional de Polícia no Distrito Federal.
Já em 2009 conseguiu ingressar nos quadros da Polícia Judiciária, assumindo a Delegacia de Buriticupu onde passou quatro anos a frente do Distrito.  
Blog do Sergio Mathias

Um comentário:

  1. Loira de Buriticupu16 de junho de 2014 13:10

    Parabéns Delegado, por todo trabalho realizado desde quando assumiu o serviço policial, por seu profissionalismo e competência, e além disso você é um homem de caráter honesto, sério, inteligente e determinado, qualidades que sem dúvida te torna ainda mais uma pessoa admirável. Que o sucesso sempre te acompanhe, pois você é merecedor de todo reconhecimento, pessoas que têm humildade, simplicidade e de bom coração como você não passam desapercebidas...Desejo que Deus esteja sempre contigo, mas acima de tudo que você esteja sempre com Deus.

    ResponderExcluir

Post Top Ad