ENTREVISTA COM O SENADOR JOÃO ALBERTO DE SOUSA - Randyson Laércio

Post Top Ad

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

ENTREVISTA COM O SENADOR JOÃO ALBERTO DE SOUSA

Blog do Robert Lobato fez a estréia na ultima sexta,a coluna “Sexta-feira Quente” com a participação do senador maranhense João Alberto de Souza (PMDB).
O senador recebeu o blogueiro no seu escritório político no bairro do São Francisco, na manhã desta sexta-feira (13), e falou sobre assuntos polêmicos, como o caso de seu voto contrário à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que torna imediata a perda de mandato de congressistas condenados de forma definitiva por algumas modalidades de improbidade administrativa e por crimes com pena superior a quatro anos de cadeia.
A proposta foi aprovada pelo plenário do Senado em dois turnos por 61 votos, mas ainda precisa passar pelo Câmara para entrar em vigor. A PEC foi apelidada pela grande imprensa de “PEC do Mensaleiros”.
O senador falou ainda sobre a questão do voto aberto – ele é contra -, relação PMDB/PT no estado, sucessão de Roseana Sarney, oposição, manifestações de rua e também sobre algumas das suas frases polêmicas tipo “90% honesto” e que o povo do Maranhão “gosta de morar em casas de palha”.
Casado há quarenta anos, pai de três filhos, João Alberto foi eleito senador da República em 2010 numa dobradinha com Edison Lobão sendo o segundo candidato mais bem votado do estado com 1.546.298 votos (29,74% dos votos). É também presidente estadual do PMDB e presidente do Conselho de Ética da Casa.
A seguir os principais pontos da entrevista com João Alberto na nossa “Sexta-feira Quente”.
VOTO CONTRA A “PEC DOS MENSALEIROS”
Não me arrependo de ter votado contra essa PEC porque votei com a minha consciência e com a minha convicção de que apenas ao Congresso Nacional cabe cassar mandato de deputados e de senadores. Se a justiça condena algum congressista à prisão, o procedimento correto é que a Câmara ou Senado acione a Comissão de Ética e comece o processo de cassação. Ora, claro que um parlamentar condenado à prisão será cassado automaticamente, até porque uma vez preso não poderá ir às sessões e será cassado de uma forma ou de outra, ainda que seja por falta, como determina o regimento.
Ocorre que os políticos preferem ficar refém aos protestos das ruas e da imprensa a assumirem o que de fato pensam. Muitos que votaram a favor da PEC do senador Jarbas Vasconcelos votaram contra suas convicções, pois é mais fácil ser simpático às ruas e à imprensa do que a dizer no que realmente acreditam e pensam. Comigo não funciona assim. Prefiro ser criticado pelo voto que dei contra essa PEC a dormir com a consciência pesada por ter votado em algo que não concordo apenas para agradar a opinião pública.
VOTO ABERTO
Defendo que a modalidade de votação no Congresso Nacional continue como é hoje. Voto aberto não é garantia de avanço, até porque mesmo com o voto secreto já cassamos vários deputados e senadores de alto clero. O deputado José Dirceu foi cassado pelo voto secreto, o mesmo ocorreu como os senadores Luis Estevão e Demóstenes Torres, ambos foram cassados no sistema de voto secreto. E os ex-senadores Jader Barbalho [hoje deputado federal pelo PMDB do Pará] e Antônio Carlos Magalhães [senador pelo estado da Bahia, já falecido] só não foram cassados porque renunciaram aos seus mandatos. As pessoas precisam entender que o voto secreto resguarda o votante e também o votado, ou seja o voto secreto é favor ou contra uma pessoa. Imagine votar abertamente os vetos presidenciais? Ou votar abertamente contra indicação de um ministro para um tribunal superior e este acabar sendo indicado para o cargo? Se for para liberar o voto aberto amplo, geral e irrestrito, então que o voto dos cidadãos durante as eleições sejam abertos também.
FRASES POLÊMICAS
“90% honesto” – Nunca disse que era 90% por cento honesto ou que fiz um governo 90% honesto. Isso foi um engano, diria até uma injustiça que o jornalista Walter Rodrigues [já falecido] faz comigo. O que eu disse ao jornalista foi que ao assumir o governo do Maranhão combati 90% os casos de corrupção que encontrei, pois é impossível você combater 100%, ainda mais nas circunstância que assumi. Mas o que foi possível fazer eu fiz. Demiti diretores de estatais, ocupantes de cargos importantes no primeiro escalão e combati o crime organizado, tanto que fui também foi muito criticado quando afirmei que o crime estava instaladas nos três poderes no estado. Mas eu estava certo naquela época.
“O maranhense gosta de morar em casa de palha” – Veja bem, Robert Lobato. Também fui mal compreendido neste episódio. Não afirmei que os maranhenses gostam de morar em casa de palha no sentido de optarem por casas de palhas e não pelas cobertas de telha. Falei numa questão cultural das antigas gerações que realmente se sentem à vontade com as suas casas de palha, principalmente nas épocas de chuva. É cultural. Em muitos casos eles até resistem em cobrir as casas com telhas de barro. Sei disso porque vivencio essa realidade na prática quando tento ajudar centenas de pessoas pelo interior, onde muitos resistem à mudança do telhado de palha para outro tipo.
PATRIMÔNIO
Não sou um homem detentor de patrimônios ou um homem rico. Tenho apenas uma boa casa em São Luis, um terreno na Ponta D’Areia, um apartamento em Brasília. Meu dinheiro deve ser “macho” porque ele não dá luz a mais dinheiro. Tem político que o dinheiro parece ser fêmea, pois vive reproduzindo mais dinheiro. Fui bancário em São Paulo, militei no movimento sindical e no partido comunista, Fui perseguido pelos militares e tive que lutar muito para chegar aonde cheguei.
ELEIÇÕES 2014
Aliança PMDB/PT – Essa aliança é nacional e tem dado certo para o país. O ex-presidente Lula me disse que é uma aliança douradora e deve continuar por muito mais tempo. Logo, no Maranhão ela deve ser mantida. Política é conversa e entendimento, da nossa parte queremos a manutenção da aliança tanto em nível nacional quanto em nível local. Mas ainda é cedo para definir chapas. Mas, entendo que Roseana tenha que disputar o Senado e o governo seja assumido pelo vice-governador Washington ou pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Arnaldo Melo.
PSDB –  Defendo que o PSDB venha para a nossa aliança aqui no Maranhão. É partido forte e muitos dos seus integrantes já foram do nosso grupo, e não haveria qualquer problema de voltarem a compor conosco. As questões nacionais a gente conversa e trata lá em cima [Brasília].
Luis Fernando – É o melhor candidato do nosso grupo. Jovem, competente, sério, trabalhador e demonstrou ser um ótimo gestor em todos os cargos que já exerceu. Luis Fernando não é uma aventura, já foi testado e aprovado. Foi um excelente prefeito de Ribamar e atualmente está fazendo um brilhante trabalho na Secretaria de Infraestrutura. Enfim, Luis Fernando tem serviço prestado para os maranhenses ao contrário de outros aí que querem ser governador.
Oposição – A oposição não tem projeto para o Maranhão. Passa o tempo todo na capital e só vai ao interior do estado em véspera de eleição. A oposição é urbana, não gosta do interior, por isso só aparece em época de eleição ou próxima dela. Flávio Dino é despreparado para o governo e seria um desastre para o Maranhão caso chegasse a ser governador do estado.
Grupo Sarney – Nosso grupo é forte e unido. Demonstramos isso em todas as eleições e em 2010 mostramos mais uma vez a nossa força ao eleger Roseana Sarney no primeiro turno e os dois senadores, enquanto a oposição batia cabeça. Temos divergências em alguns pontos, mas sempre chegamos aos entendimentos necessários porque sabemos o que queremos; temos várias lideranças que se entendem em nome do nosso projeto comum, como agora, onde o Luis Fernando é o representante da renovação do nosso grupo.

2 comentários:

  1. Familia Sarney; faz muiiiiiito Mau estado ao Maranhão

    ResponderExcluir
  2. Robertinho de Brejinho.18 de outubro de 2013 09:46

    Amo o Senador João Alberto, moro no povoado Brejinho em Bacabal-Ma
    e tenho grande consideração por ele, não só por ter conhecimento que tenho
    com ele, mais pela sua história de luta por Bacabal e pelo Maranhão.
    Parabens Senador João Alberto, que Deus te conceda muitos anos de vida
    e muitas felicidade e mais sucessos.

    ResponderExcluir

Post Top Ad