MEGA OPERAÇÃO ENTRE AS POLÍCIAS CIVIL E MILITAR E GRUPO TÁTICO AÉREO RESULTA COM TRÊS PRISÕES - Randyson Laércio

Post Top Ad

quarta-feira, 31 de julho de 2013

MEGA OPERAÇÃO ENTRE AS POLÍCIAS CIVIL E MILITAR E GRUPO TÁTICO AÉREO RESULTA COM TRÊS PRISÕES

Uma megaoperação das Polícias Militar, Civil e Grupo Tático Aéreo culminou com três prisões. A operação começou no dia 29 por volta das 09h00min, precisamente no município de Paulo – MA, onde já foram destruídas cinco plantações de maconha.
ELTON E ELDER(CHUTA LATA)


CLÁUDIO SOARES(ZINGONÇO OU ZINHO)

REVÓLVER CAL.38 ENCONTRADO

EQUIPE DE POLICIAIS NA OPERAÇÃO


Além do combate ao tráfico de drogas, a operação também tinha por objetivo a fiscalização de veículos, capturas de foragidos de Justiça e cumprimentos de Mandados Judiciais e foi comandada pelo Delegado Regional de Polícia Civi, Dr. Carlos Alessandro e o Tenente-coronel Egídio, Comandante do 15º Batalhão de Polícia Militar de Bacabal. 

O efetivo empregado foi de 20 (vinte) policiaisA operação terminou na madrugada do dia 31, sendo cumprido um Mandado de Prisão no município de Paulo Ramos, assinado pelo Juíz de Direito daquela Comarca em desfavor de RAIMUNDO DA SILVA DINO,  conhecido por “Didi” acusado de homicídio. 

Já na cidade de Bacabal foram presos em estado de flagrante continuado os acusados de homicídios de nomes ÉDER ARAÚJO FERREIRA, 21 anos, conhecido por “Chuta Lata” e ELTON BRITO CARVALHO DA SILVA, 22 anos, ambos, residentes  no Bairro Novo BacabalA dupla teria assassinado no último dia 23, por acerto de contas, o jovem ANDERSON SANTOS DA SILVA, conhecido por “Delino”, que residia na Avenida B, Quadra 21, Bairro Frei Solano, local do crime. 

Delino foi morto a tiros e facadas. Após o crime os assassinos fugiram. De posse de algumas informações a polícia chegou a identificação dos acusados que acabaram sendo presos no início da noite de ontem, 30, na residência de Chuta LataNa residência de Chuta Lata, foi encontrado um revólver calibre. 38, sem munição de número 54517, sendo também detido no local o senhor CLAUDIO SOARES, conhecido como “Zingonço ou Zinho”, cunhado de Chuta Lata, que também teria participado do homicídio, versão negada pela dupla que assumiu o delito.

Para os comandantes das polícias foi uma operação considerada boa, mas, que outras de maior vulto serão desencadeadas nos próximos dias.(Informações do 15ª BPM).

Um comentário:

  1. uma operação desse tipo é somente para mostrar força neste caso do comandante
    "GTA para prender esses pés de chinelo"

    antes o esquema era Jader,bento e outros
    agora o negocio é mais político entre civil e PM
    2014 tá próximo e os tubarões neste caso leões já estão jogando e mostrando força

    só que o povo acordou e vamos ter mudanças principalmente no governo

    ResponderExcluir

Post Top Ad